quarta-feira, 26 de setembro de 2012

de diálogos...

- Ás vezes a gente escreve uma coisa a um nível já tão mastigado para a gente mesmo que quando outra pessoa começa a ler do nada não consegue achar muito nexo ou sentido... Tenho muita coisa na cabeça que é como se fosse uma clareira de ideia, porém sem conexão com outra coisa que fosse mais "prelúdio de raciocínio"... Ás vezes tu tem uma luz, mas tu não consegue externalizar ela porque se tu falasse seria algo completamente sem sentido, mas que em um longo raciocínio estaria dentro do contexto e com o seu devido sentido...

                                                                              Philip G. Mayer

Nenhum comentário:

Postar um comentário